Ser autoridade dentro da sua área de atuação deve ser sua prioridade número 1 dentro de um trabalho de marketing. Mas por que eu digo isso? Por diversas razões. Seguem algumas:

– ser autoridade te dá mais visibilidade;

– ser autoridade dá mais relevância para seu conteúdo;

– ser autoridade facilita bastante na hora de captar novos clientes para o seu negócio.

Pense em uma autoridade que você segue ou admira. Essa pessoa tem visibilidade? Provavelmente, sim. Ela tem relevância dentro do mercado de atuação dela? Provável que sim, também. E, por último: quais são as chances de você adquirir um produto ou serviço oferecido por essa autoridade, se compararmos com uma pessoa da qual você nunca ouviu falar e que você não sabe se de fato entende do que fala?

Portanto, ser autoridade ajuda muito qualquer profissional ou empresa dentro de seu mercado. Porém, sabemos que ninguém vira autoridade do dia pra noite. É preciso esforço, trabalho e dedicação.

E para quem está começando a forjar sua autoridade? Foi pensando nessa situação que separamos essas três dicas abaixo:

Passo 1: defina um nicho

O primeiro passo nessa caminhada para ser autoridade é definir o nicho de atuação. Ou seja, aquele pedaço de mercado no qual você vai mergulhar de cabeça.

Você pode estar se perguntando o porquê de termos de escolher um nicho. Pelo simples motivo de que é muito mais fácil se destacar em um pedaço de mercado do que tentar abraçar uma grande fatia de mercado em um início de trabalho. Demandará muito mais trabalho e muito mais tempo para que isso aconteça.

Além disso, ao escolher um nicho, você também:

– encontra os possíveis clientes daquele nicho com mais facilidade;

– entende melhor as dores das pessoas que fazem parte daquele nicho;

– produzir conteúdos muito mais aderentes ao público daquele nicho.

Passo 2: produzir conteúdo de valor

O caminho para se tornar uma autoridade é pavimentado pela construção de conteúdos de valor. Quanto mais você produzir materiais que gerem valor para outras pessoas, mais “tijolinhos” você colocará na construção da sua reputação.

À medida que as pessoas vão consumindo os seus conteúdos, e estes façam sentido pra elas, naturalmente isso gera uma conexão. E, com o tempo, as pessoas voltarão até os seus canais para consumir mais e mais conteúdos.

Dica: a produção de conteúdo de valor é infinita.

Pense no exemplo de uma academia de musculação (ou de crossfit, como achar melhor): se você praticar exercícios durante 1 ano, os resultadores físicos virão, certo? E se você parar de praticar exercícios após um ano? O que acontece ao seu corpo?

Com conteúdo de valor é a mesma coisa. Precisa ser exercitado regularmente.

Passo 3: distribuir esse conteúdo

Agora que você já sabe que precisa definir um nicho e ter uma produção constante de conteúdos de valor, é preciso distribuir esse conteúdo. Afinal, quem não é visto, não é lembrado. E o inverso também se aplica. Quanto mais visto, mais você será lembrado.

Portanto, um passo importante na construção da autoridade é definir bem em quais canais você vai distribuir seu conteúdo.

Dica: antes de começar a criar perfil em toda e qualquer rede social que você conheça e gastar MUITA energia produzindo conteúdo para todos, pense no seguinte. Onde está meu público-alvo? Ou seja, as pessoas que podem ter interesse no meu produto?

Somente após essa análise, dê o passo seguinte. Que é, aí sim, escolher aonde você vai distribuir seu conteúdo.

E neste caso, você precisa realmente entender onde está seu nicho. Ele pode estar no digital, mas pode estar no que chamamos de “offline” também. Offline são os canais tradicionais de mídia: televisão, jornais, revistas, etc.

Seguindo esses três primeiros passos, acredito que você estará pronto para sua caminhada rumo à construção de uma autoridade na sua área de atuação.